Geral
Noivo emociona ao colocar som do coração da filha para tocar em casamento
Quinta, 13 de Fevereiro de 2020 - 08:16:13
Thailla Torres
Noivo emociona ao colocar som do coração da filha para tocar em casamento
Emoção dos noivos com o som da batida do coração do bebê. (Foto: Renato Zaar)
No discurso do casamento, o publicitário Thiago Akira Ogura, 37 anos, colocou no final da cerimônia a música que seria a trilha sonora da vida com a esposa e gerente de comunicação Juliana Mayara de Queiroz, 34. Todos pensaram que ele iria cantar porque a noiva também cantou. A surpresa foi um estilo que pode ser resumido em amor. Thiago colocou para tocar as batidas do coração da primeira filha, que se chamará Marina.Quem era pai ou mãe entendeu na hora e, quem ainda não é, não fazia ideia, mas achou que era uma batida de música. Sem perder o humor, Thiago explicou para os desavisados. "Foi bem legal", diz o noivo.

E não parou por aí a emoção entre os convidados. Se casamento é o tipo de festa que arranca lágrimas até dos mais durões, com surpresas então ele se torna inesquecível para todos. Isso porque o casal aproveitou a cerimônia para revelar sobre a gravidez e o sexo do bebê.

Família e amigos celebraram com o casal a chegada da primeira filha. (Foto: Renato Zaar)Família e amigos celebraram com o casal a chegada da primeira filha. (Foto: Renato Zaar)
Revelação do sexo do bebê também foi na cerimônia. (Foto: Renato Zaar)Revelação do sexo do bebê também foi na cerimônia. (Foto: Renato Zaar)

"Não estava nos planos a revelação pois só descobrimos sobre a gravidez pouco tempoantes do casamento, algumas semanas, foi tudo de improviso no casamento. Inclusive o vestido quase não fechou", conta Juliana.Nos votos do noivo, Thiago acabou mudando e ajustando para revelar a todos que estavam "grávidos". "Foi difícil esconder de todo mundo, mas encontramos no casamento a oportunidade ideal já que estávamos rodeados de pessoas que amamos. Como estávamos em São Paulo uma semana antes para a prova das roupas, ouvimos falar de um teste de sexagem fetal que poderia ser feito com 8 semanas e era exatamente a quantidade de tempo que estávamos grávidos. Aproveitamos para fazer o exame, mas deixamos o resultado apenas com uma tia querida da Ju", diz Thiago.

Ela guardou segredo, comprou os lança confetes e fumaça sem revelar nada para o casal. "Escolhemos nos surpreender junto com os amigos, para compartilhar ainda mais a nossa felicidade. Já tínhamos o nome Marina caso fosse menina, então foi o ponto alto para todos. Não sei descrever esse momento, só sei que nunca esquecerei na minha vida, foi incrível".

O casamento foi em Bonito. Os dois são apaixonados por natureza, trilhas e cachoeiras, acampamentos e viagens. "Sempre tivemos vontade de casar nesse ambiente e que nossos convidados viajassem também para compartilhar uma das nossas grandes paixões, e porque trabalhamos com turismo também", afirma Juliana, que atua na Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul.

Casamento foi na beira do Rio Formoso, em Bonito. (Foto: Renato Zaar)Casamento foi na beira do Rio Formoso, em Bonito. (Foto: Renato Zaar)
Convidados curtiram o casal dentro do rio. (Foto: Renato Zaar)Convidados curtiram o casal dentro do rio. (Foto: Renato Zaar)

O casal optou por um casamento com poucos convidados. "Apenas família e quem participa da nossa vida a dois". Com ajuda da amiga Fernanda Guedes e a madrinha, Adriana, que é proprietária de uma agência de turismo, e quer colocar Bonito como destino preferido para casamentos, a festa ocorreu de um jeito: o casal encontrou o melhor deck e estrutura para a cerimônia. "Foram oito locais pré-selecionados até acharmos aquele que pudesse nos atender com todas as necessidades, inclusive para a lua de mel ser junto com a família no mesmo local".

Os dois estão juntos desde 2017. Se conheceram no Atacama. "Ela viajando sozinha e eu numa expedição fotográfica produzindo o vídeo da viagem", lembra Thiago. "Eu cheguei em San Pedro e fiz uma foto numa barraca de Glamping (camping sofisticado) usando a hashtag #atacama. A Ju estava buscando fotos pela hashtag e encontrou a minha. Ela já estava há alguns dias na cidade e estava com dificuldades na sua câmera GoPro. Ela achou que eu tivesse usado uma e começou a puxar conversa comigo. Disso surgiu um encontro e ficamos juntos".

Depois ela seguiu viagem para Bolívia e Thiago ficou com a expedição. Ele chegou a pensar que não daria em nada. Mas os dois se encontraram novamente em São Paulo, quando ela voltava do mochilão. "Ficamos mais próximos e nos apaixonamos, e nunca mais deixamos de viajar, trilhar e moramos juntos e agora casados e pais. Tudo por causa de uma hashtag".

1 / 7

Fonte: campograndenews.com.br
Post de: Bulhões Digital
Enviar Comentar Imprimir Voltar Capa
© - Bulhões Digital. Todos os direitos reservados
www.bulhoesdigital.com.br
Fone: (67) 3260-1474 - Alcinóolis - MS